Weather icon

Cultura litorânea

Explorando a mistura de artes em The Palm Beaches, Flórida

Da minha mesa de trabalho, não conseguia deixar de ver palmeiras, coquetéis tropicais e areia entre os dedos dos pés. Talvez a culpa fosse minha por ter pendurado um calendário com tema tropical. De qualquer forma, uma escapada à beira-mar parecia ser a mudança de ritmo perfeita para mim e meu marido. Mas eu queria mais do que apenas uma praia incrível; eu queria algo sofisticado e culto também. Um amigo sugeriu The Palm Beaches, no sul da Flórida, uma coleção de cidades e vilas ao longo de 47 milhas de Litoral do Oceano Atlântico. As cidades - incluindo West Palm Beach, Delray Beach e Júpiter-oferecia sofisticação e serenidade. Parecia o paraíso, então fizemos nossas malas e seguimos para o sul.  

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação compartilhada por Marisa (@marisa.elyse)

Foi difícil escolher entre uma infinidade de pousadas charmosas, resorts de luxo e hotéis butique até a piscina de frente para o mar no Four Seasons Resort Palm Beach nos atraiu à primeira vista. Depois de algumas horas nas águas azuis claras, eu me senti recarregada, como se já estivesse de férias há uma semana. Então, depois de nos secarmos, nos aventuramos a ver o que mais havia The Palm Beaches tinha a oferecer.  

Arte e arquitetura

A opulência da Era Dourada estava em plena exibição no impressionante Flagler Museum, uma ampla propriedade construída em 1902 pelo magnata dos negócios da Flórida, Henry Flagler. O New York Herald não estava exagerando quando escreveu, em 1902, que a propriedade era "mais maravilhosa do que qualquer palácio na Europa, mais grandiosa e mais magnífica do que qualquer outra residência particular no mundo". A cada esquina, eu notava a atenção requintada aos detalhes, desde as imponentes colunas dóricas brancas na entrada, que evocavam a sensação de um templo grego, até o rico mármore e os lustres imponentes. Minha parte favorita foi o Flagler Kenan Pavilion, que abrigava o belo Café des Beaux-Arts. Nessa sala cavernosa e cheia de luz solar, senti como se meu marido e eu tivéssemos sido transportados para a Paris da virada do século.  

Foi difícil deixar essa impressionante cápsula do tempo, mas queríamos atender ao chamado das ondas e passar algum tempo de qualidade na areia.  

O passado da Flórida trazido à tona

Mais tarde naquele dia, fomos a um farol vermelho imponente para dar uma olhada na história intrigante da Flórida. No farol Farol e Museu da Enseada de JúpiterNo farol de 1860, os visitantes podem fazer um passeio de escalada e aprender sobre as expedições espanholas e os naufrágios. Como chegamos à noite, pudemos aproveitar o romântico passeio ao pôr do sol, onde vimos o farol brilhar no céu noturno. Também pudemos ver o interior da sala de vigia do farol, onde o guardião costumava vigiar a água.  

Ver o farol pessoalmente e ouvir as histórias do nosso guia deu vida ao passado para mim. Gostei do fato de que toda essa experiência foi muito mais do que apenas férias na praia.  

Tranquilidade em jardins atemporais

Depois de uma noite de sono tranquila, desfrutamos de um café da manhã à beira da piscina e de uma caminhada na praia antes de irmos para o Museu Morikami e Jardins Japoneses em Delray Beach. Ao passear por esses 16 acres de jardins, fui mais uma vez transportado para outra época e outro lugar - tudo isso enquanto permanecia em The Palm Beaches.  

Passeamos por caminhos arborizados, admiramos os bonsais exclusivos e paramos em uma piscina de água para observar os coloridos peixes koi. Adorei os tranquilos jardins de pedras e o elegante bosque de bambus. Dentro do museu, que parece uma verdadeira vila japonesa, aprendemos sobre a conexão do Japão com o sul da Flórida e assistimos a uma tradicional cerimônia do chá japonês. Foi diferente de tudo o que eu já tinha visto antes.  

Depois dessa parada, meu marido e eu concordamos que a viagem estava começando a parecer inédita. De alguma forma, eu sentia como se estivéssemos relaxando em uma ilha e fazendo um tour pela Europa e pelo Japão - ao mesmo tempo. Minha amiga estava certa: Palm Beaches era realmente a capital cultural da Flórida, um refúgio perfeito para casais que querem o melhor de hotéis, restaurantesO Brasil é um dos países mais ricos em biodiversidade, museus e pontos turísticos e, ao mesmo tempo, desfruta de todas as vantagens de um paraíso tropical, incluindo as areias cristalinas. praias.  

A peça é o que importa

Para o final de nossas férias, assistimos a um show no Kravis Centro de Artes CênicasO The Palm Beaches é um belo centro de artes cênicas em Palm Beaches que oferece concertos, apresentações de dança, peças de teatro, musicais e muito mais. Adoro teatro e gosto de conhecer os centros de artes cênicas de outras cidades. Esse foi excelente.

Da próxima vez, quero assistir ao evento anual Shakespeare à beira-mar A apresentação, que faz parte do The Palm Beach Shakespeare Festival no verão. Ele é realizado no Carlin Park, à beira-mar, e recebe ótimas críticas. Uma boa desculpa para outra viagem em nosso futuro!   Explore mais o lado cultural de The Palm Beaches.  

Patrocinado

Planeje sua estadia

Navegue pelas opções de hospedagem no primeiro, o único, Palm Beaches e descubra o primeiro destino de resort da América no ensolarado sul da Flórida.

Receba nosso boletim informativo

Obter um guia de visitantes

pt_BRPortuguês do Brasil